Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

retalhos de sonhos

retalhos de sonhos

a nossa história

Tomás, vestiu-se e saiu. Caminhou pelo campo sem destino, não conseguia de deixar de pensar na Sara. Equacionou tantas perguntas, tantas razões, tantos porquês mas continuava sem saber o que pensar. Aquela noite tinha sido mágica para ele, nunca se tinha entregado tanto, e acabar assim.......

Voltou para casa já o dia tinha terminado, deitou-se em cima da cama e os seus pensamentos iam para Sara, ela tinha que ter uma razão muito forte para ser Streaper . Acabou por adormecer esgotado fisicamente e psicologicamente.

Acordou cedo no outro dia, tomou banho e estava com fome foi tomar o pequeno almoço, enquanto o tomava lembrou-se do Jim que não o tinha ido buscar.

Comeu, e partiu para buscar o seu cão, durante a viajem lembrou-se de Sara com o JIm no colo, ela tão ternurenta, atenciosa, ali havia mais qualquer coisa ou razão para ela trabalhar como streaper . Tomás pensou vou descobrir ela é especial para mim. Quando chegou ao veterinário e procurou pelo Jim a ajudante informou que Jim estava óptimo e que tinha ficado radiante quando a menina o veio ver.
-Qual menina? Perguntou Tomás
- A menina que veio ontem com o senhor e o Jim .
A ajudante foi buscar o Jim e entregou-o ao Tomás , pagou e voltou para o carro com o animal aos pulos a volta dele muito contente. Entraram no carro mas, ele não sabia o que pensar Sara tinha ido ver o Jim , Porquê? Onde ela estava? Agora sim estava determinado a saber tudo e a descobrir onde estava Sara. (Tytas)

Os dias passaram. Tomás regressou á sua rotina diária. Jim melhorava a olhos vistos, já saltitava por todo o lado assim que Tomás chegava a casa. Mas para Tomás havia um vazio nos seus dias. Não conseguia esquecer Sara em nehum minuto dos seus dias. Onde estás? - pensava Tomás tantas vezes. Costumava passar em frente da casa dela na esperança de detectar algum sinal de vida, mas continuava tudo fechado. Por vezes deambulava pela cidade à procura dela e chegou mesmo, contra todas as sua convicções, a entrar num clube de steap para verificar se ela estava lá a trabalhar. Nada. Absolutamente nada.

Fim-de-semana. Como habitualmente, Tomás foi passear com Jim pela serra e recordou aquele primeiro passeio. Foi até aquele alto da serra onde Sara ficou deslumbrada com a vista.

- Não, não acredito! Sara ! - exclamou Tomás.

Sara olhou para Tomás e começou a chorar. (Geny)

1 comentário

Comentar post