Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

retalhos de sonhos

retalhos de sonhos

da janela do meu quarto...

Da janela do meu quarto vejo o Sol nascer

vejo os seus raios quentes a aquecer a Terra que desperta para um novo dia

vejo a sua luz iluminar todos os seres que parece que recebem beijos da sua luz

vejo a flor desabrochar quando tocada por um dos seus raios

vejo o António e a Maria a abrir as portas da sua casa para começarem mais uma jornada

vejo o António a desejar um bom dia a Maria e sair para o seu trabalho

vejo o cansaço no rosto de Maria que o descanso da noite não tirou

vejo os meninos a correr para a escola com a alegria de meninos que não volta nunca

vejo o olhar faminto de um cão abandonado que um dia foi amado e acarinhado por alguém mas agora não presta

vejo o Sol a subir bem alto no seu pedestal a empurrar os ponteiros de um tempo que teima em não querer parar

vejo que a Maria continua cansada e triste porque o carteiro não trouxe a carta tão esperada para fazer face às despesas que se acumulam

vejo o António chegar com um sorriso nos olhos quando viu Maria

vejo a cara de sabedoria daqueles meninos que regressam da escola

vejo a cara de satisfeito daquele cão que hoje comeu que hoje alguém viu que ele existe

 

da janela do meu quarto vejo o dia passar

da janela do meu quarto vejo o sol nascer

 

 

17 comentários

Comentar post

Pág. 1/2